Já se foram 2 segundos…

… desde que você leu o título deste post, percebeu isso? Talvez você tenha levado menos de dois segundos, ou quem sabe até mais do que isso. Não importa. Aqueles segundos já se foram e você não os viverá mais!

Não paramos muito pra pensar nisso, não é mesmo? Vivemos nossa vidinha, nossas rotinas, e nem vemos o tempo passar. Hoje te convido a investir um pouco do seu tempo para meditar sobre o tempo! Mas chega de perder tempo, vamos lá:

Dá-me a conhecer, SENHOR, o meu fim e qual a soma dos meus dias, para que eu reconheça a minha fragilidade. Deste aos meus dias o comprimento de alguns palmos; à tua presença, o prazo da minha vida é nada. Na verdade, todo homem, por mais firme que esteja, é pura vaidade. Com efeito, passa o homem como uma sombra; em vão se inquieta; amontoa tesouros e não sabe quem os levará. (Salmos 39:4-6)

O tempo não para. O jovem de agora será o velho de daqui a pouco...
O tempo não para. O jovem de agora será o velho de daqui a pouco…

Quem pode dizer o número de dias que viverá? De certo, ninguém. Isso compete somente a Deus. Uns viverão 80 anos, alguns menos, outros mais. Alguns morrerão jovens, outros em idade avançada. Uns morrerão ainda no ventre materno, outros farão “hora-extra” na terra! Mas, todos terão uma “vida breve”

A vida é passageira. Davi utiliza a menor unidade de medida conhecida na antiguidade – I Reis 7.26; cf. “quatro dedos” (isto é, 7,37 cm) em Jr 52.21 –, palmos, para enfatizar a efemeridade de sua vida, principalmente quando comparada à idade de Deus.

Antes que os montes nascessem, ou que tu formasses a terra e o mundo, mesmo de eternidade a eternidade, tu és Deus. Tu reduzes o homem à destruição; e dizes: Tornai-vos, filhos dos homens. Porque mil anos são aos teus olhos como o dia de ontem que passou, e como a vigília da noite. Tu os levas como uma corrente de água; são como um sono; de manhã são como a erva que cresce. De madrugada floresce e cresce; à tarde corta-se e seca. Pois somos consumidos pela tua ira, e pelo teu furor somos angustiados. Diante de ti puseste as nossas iniqüidades, os nossos pecados ocultos, à luz do teu rosto. Pois todos os nossos dias vão passando na tua indignação; passamos os nossos anos como um conto que se conta. Os dias da nossa vida chegam a setenta anos, e se alguns, pela sua robustez, chegam a oitenta anos, o orgulho deles é canseira e enfado, pois cedo se corta e vamos voando. Quem conhece o poder da tua ira? Segundo és tremendo, assim é o teu furor. Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios. (Salmos 90:2-12)

As horas passam mais rápido do que imaginamos. Quando a gente se dá conta, o dia já acabou! Já chegou o fim de semana! Já é segunda-feira outra vez! Acabou o mês! Seu aniversário já foi! Acabaram-se as férias! Já é Natal! Enfim, é ano-novo! E o que a gente viveu nesse tempo todo? Que proveito tiramos? E, mais importante ainda, que frutos espirituais geramos nesses dias todos?

Todo homem é pura vaidade. Na versão NVI, a palavra vaidade do Salmo 39:5c é traduzida como sopro. De fato, é a mesma palavra hebraica utilizada no salmo 144:4 que diz: O homem é como um sopro; os seus dias como a sombra que passa. Em todo o livro de Eclesiastes, essa palavra é a mesma, e ela aparece em três significados diferentes, considerando a natureza das atividades humanas “debaixo do sol”: 1) “efêmera” que se refere à natureza transitória ou semelhante à neblina (Vós não sabeis o que sucederá amanhã. Que é a vossa vida? Sois, apenas, como neblina que aparece por um instante e logo se dissipa – Tiago 4:14); 2) “Fútil” ou “sem significado”, que enfoca a condição amaldiçoada do universo e seus efeitos debilitantes sobre a experiência terrena do homem; ou 3) “incompreensível” ou “enigmática”, que considera as questões inexplicáveis da vida.

Enfim, Davi não está tratando aqui do pecado da vaidade, tido como o desejo exagerado de atrair admiração ou homenagens dos outros e ostentação orgulhosa. Ele quer mesmo deixar claro o quão depressa todo homem nasce, cresce e morre. Ele traz a ênfase do “hoje, aqui, amanhã, não mais” do Salmo 37.

Em prol de que temos investido o nosso tempo? A maioria vive pra ganhar dinheiro e morre sem desfrutar... caminho errado!
Em prol de que temos investido o nosso tempo? A maioria vive pra ganhar dinheiro e morre sem desfrutar… caminho errado!

Por que gastar tanta energia em coisas totalmente fúteis? Por que imprimir tanta força e tempo para ajuntar riquezas na Terra? Nós devemos ter os nossos olhos voltados para a eternidade, buscar ajuntar tesouros no céu, como Jesus disse:

Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam; Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam. Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração. (Mateus 6:19-21)

Nosso tempo é precioso demais para ser gasto com as coisas terrenas. A vida é breve e tudo passa. O sofrimento passará. As injustiças passarão. O ímpio não mais existirá e será condenado. Nossa juventude passará e levará com ela o nosso vigor!

Tudo nessa vida passa, exceto a Palavra de Deus (cf. Mateus 24:35; Marcos 13:31; Lucas 21:33; Isaías 40:8). Essa não passará jamais. Toda profecia será cumprida. Todas as verdades escritas na Bíblia são absolutas e nunca poderão ser efetivamente refutadas. Deus fará cumprir a sua soberana vontade!

Jovem, devemos aproveitar cada segundo desses nossos dias para fazermos a obra que Deus quer que façamos! Nessa etapa da vida é quando temos mais ânimo, gás, energia de sobra. Vamos canalizar tudo para Deus! Devemos, sim, nos envolver com missões, evangelização, vigílias, trabalhos sociais, estudos da Palavra. Não percamos tempo querendo ser doutores da Lei na internet, discutindo tudo em debates de teologia/doutrinas. A verdade é que nós não temos bagagem pra isso ainda. Nos falta experiência. E muita. Vamos viver as nossas experiências com Deus pra quando estivermos mais velhos podermos passar isso para as novas gerações. Quão proveitoso pode ser isso! O apostolo Paulo escreveu no livro de I Coríntios que os jovens solteiros devem cuidar das coisas do Senhor. Claro que, de maneira nenhuma, os casados devem se devotar menos à obra de Deus e à comunhão com o Espírito Santo. Mas eles têm um algo a mais para se preocupar: a família. E ai deles se não souberem cuidar bem dela!

Investir o tempo em estudos gera excelentes frutos para a vida.
Investir o tempo em estudos gera excelentes frutos para a vida.

É tempo de estudar. Como temos administrado nossos estudos? O jovem normalmente estuda por obrigação, porque o Estado impõe e os pais obedecem e querem que estejam eles estudando. Mas muitos param. Dão mil e uma desculpas diferentes. Às vezes até têm motivos aceitáveis para largarem os estudos. Mas a verdade é uma só: não vale a pena. Sempre ouço alguém me dizer: “me arrependo de ter parado de estudar!”. Isso vale pra tudo: escola, faculdade, dança, canto, música, legislação de trânsito, algum curso extracurricular, a Bíblia… Termine o que começou! Não pare de estudar. Lá na frente você verá as consequências ruins de ter largado seus estudos. Para o que perseverar, esse colherá bons frutos de tudo o que veio aprendendo. Aliás, lembrem-se sempre disso: nós podemos perder todos as coisas à nossa volta, exceto Jesus e a nossa mente. Ninguém pode roubar a sua inteligência. Claro que o mundo vai tentar perturbá-la. O capeta tenta te deixar retardado todo dia, é só ligar a TV e ouvir música secular que você entenderá o que estou falando: Justin Bieber, Rebelde, Malhação, Tiquititas, seriados de TV que não acrescentam nada, comédias apelativas e estúpidas, Michel Teló, Gustavo Lima, Annita… “beijinho no ombro…. Que Deus tenha misericórdia de nós!!!

Por isso diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá. Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, remindo o tempo; porquanto os dias são maus. Por isso não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor. (Efésios 5:14-17)

Aprenda a remir o seu tempo. Nada de preguiça. Nada de bobagem. Nada de futilidade. Vamos buscar fazer a vontade do Senhor!

Preguiça e tempo mal aproveitado... horas que nunca veremos mais!
Preguiça e tempo mal aproveitado… horas que nunca veremos mais!

Quanto tempo da nossa efêmera vida gastamos em horas e horas de bate-papo inútil na internet ou no telefone? Com a cara grudada na tela do seu computador checando o facebook? Tentando passar aquela fase difícil ou zerando um game? Vendo filmes a torto e direito? Em frente à TV (às vezes o camarada nem sabe o que vai assistir, somente pega o controle remoto e passa de canal forever…)? No ócio? Dormindo? Se arrumando pra sair? Conversando fiado, falando bobagem, tendo papo de aranha?

Em contraste, gastamos poucos minutos, e às vezes até mesmo segundos, lendo a Palavra (tem crente por aí que só lê caixinha de promessas!), louvando a Deus, orando… nem vou falar do jejum… esse nem pensar!

É engraçado como conseguimos arrumar tempo pra tudo. Mas quando é pras coisas de Deus a gente coloca um monte de dificuldade. Parece que Deus e lazer são coisas conflitantes. Mas não são! Se eu não posso incluir Deus no meu lazer, é porque, então, Ele é um fardo pra mim. Se isso for seu caso, você ama mesmo a Deus?

Lembro-me da parábola dos talentos, nesse momento. Aqueles que multiplicaram os talentos ilustram os crentes que geram frutos espirituais, a partir daquilo que Deus lhes deu. Eles investiram tempo e suor nas coisas do Senhor, e por isso frutificaram. Nós devemos fazer o mesmo! Fomos chamados para tocar? Vamos nos aperfeiçoar. Para cantar? Entre numa aula de canto/técnica vocal. Para pregar? Estudo a bíblia, leia artigos cristãos (tem muitos na internet, em sites confiáveis), estude apologética (William Lane Craig, Lee Strobel), leia livros cristãos (leia Philip Yancey, John Stott, John Piper, C.S. Lewis, Charles Spurgeon, James Montgomery Boice, A.W. Tozer, John MacArthur, Ray Comfort, W.W. Wiersbe, Rick Warren, etc – clique aqui para mais sugestões), assista pregações na internet (Paul Washer, por exemplo). Para pregar todos nos fomos chamados, na verdade. Por isso devemos investir nosso tempo em conhecimento! Dessa maneira, nós aproveitamos bem nossa breve vida aqui na Terra. Deus certamente se agrada disso. Isso mostra zelo e amor por Ele.

Não demos mais desculpas que não temos tempo pra isso. Deus não é deus de desordem! Devemos nos organizar e devota-lo o melhor de nossa vida. Os dias passam depressa. Mas saiba que os justos herdarão a terra e viverão eternamente com Deus. Eles desfrutarão da presença gloriosa de Cristo nos Céus por causa da maneira como viveram aqui na Terra: creram no Filho de Deus, separaram-se do mundo, vivendo em santificação, e devotaram seu tempo para aperfeiçoar sua intimidade com O Pai, O Filho (Jesus), e O Espírito Santo.

Lembre-se de que Jesus está voltando. Estamos ficando sem tempo.

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. (Apocalipse 22:12)

Anúncios

2 opiniões sobre “Já se foram 2 segundos…”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s