Quer ouvir boa música? Então confira estas dicas!

Cantores hereges?
Eu não aguento mais isso daqui…

Se você está cansado de “FILHOOO MEUUU!”, “quem te viu passar na prova e não te ajudou, quando ver você na bênção vai se arrepender…”, “reeeeeestitiu, eu quero de volta o que é meu…”, “remove a minha peeeedra”, “entra na minha casaaa…”, e outras canções centradas no homem e desprovidas de bom conteúdo teológico, que audaciosamente são classificas como “louvores” no mundo “gospel”, este post é pra você!

Já para você que ama Thalles Roberto, Diante do Trono e similares, não fique com raiva de mim!…Se bem que…. tá bom, pode ficar… eu não sou nem um pouco politicamente correto mesmo! 😛 Mas te convido a abrir os olhos (e os ouvidos!) para as seguintes dicas que eu tenho certeza que irão fazer-lo(a) repensar o que você tem cantado por aí, seja na igreja, em casa, ou em qualquer outro momento. Acredito que você, leitor, é inteligente, e vai saber apreciar a boa letra, a boa melodia, a boa harmonia e o profundo conteúdo bíblico que lhes apresento a seguir:

KastbarneaKatsbarnea

Direto do fundo do baú, a primeira dica é uma das melhores bandas evangélicas de todos os tempos, que eu comecei a ouvir na minha adolescência! E galera, de boa, até hoje suas canções são atuais, inteligentes, intrigantes e, claro, exposições das verdades que nos cirandam!

Muita gente já passou por Katsbarnea, mas o estilo não mudou (Thank God!). Continua sendo o mesmo bom e velho Rock’n Roll! Os caras surgiram em 1988 (ano em que nasci! ^^) em meio a uma onda de rock de protesto no Brasil. E o resultado é esse:

Stênio MarciusStênio Marcius

Stênio Marcius é um grande compositor cristão de música estilo MPB, algo bem brasileiro mesmo. Ele serviu como pastor por dez anos (sendo pastor do próprio Solano Portela) e hoje apascenta muitos com suas composições. Suas músicas são marcadas por acordes complexos e riqueza teológica em forma de poesia. Profundidade e beleza tais que dificilmente alguém no Brasil pode fazer igual.

PalavrantigaPalavrantiga

Marcos, Lucas, Felipe e Josias decidiram formar o Palavrantiga após o término de suas participações na banda de apoio da cantora Heloisa Rosa em 2007.

Parte das questões iniciais era encontrar um nome que significasse as intenções e pensamento do grupo. O termo Palavrantiga surgiu com a intenção paradoxal de unir o velho e imutável junto ao novo e exuberante.

O estilo da banda é bem peculiar, uma mistura de rock/indie e até samba, e tem letras inteligentíssimas. Ouça o clássico Rookmaaker:

João AlexandreJoão Alexandre

Como não citar João Alexandre nesta lista, não é mesmo? Sua música traz em suas matizes harmônicas, rítmicas e melódicas, influências bem brasileiras, desde a música rural, a seresta, a urbana e a de raiz, passando pelo samba, pela bossa nova e pelo jazz. Sendo cristão por convicção, nostalgia, brasilidade e poesia caracterizam suas composições, que transmitem sentimentos diversos em relação ao mundo, à Fé e ao cotidiano das pessoas, de forma geral.

Um dos mais polêmicos eu diria, principalmente por conta de canções como “É proibido pensar” e “Tudo é vaidade“, que espero muito que você possa escuta-las depois! Mas por enquanto, compartilho uma das suas músicas que mais gosto:

Lorena ChavesLorena Chaves

E pra não falarem de sexismo aqui, também sei apreciar (e como) a boa música vinda de mulheres talentosas!

Lorena Chaves apareceu na TV em 2008 no programa Ídolos e até compôs para uma novela da Rede Globo. Depois que se rendeu a Cristo, ela continuou sua carreira como cantora e lançou em 2012 seu primeiro CD pela Som Livre, com canções que mesclam o estilo MPB e Folk. Gosto das músicas dela pela grande dose de poesia das letras e, claro, pelo estilo dela. Sua rouca voz é muito marcante. Quem escuta, não esquece!

Marcela TaísMarcela Taís

Marcela Taís é doce, meiga, inteligente e poeta nata! Costumo escutar quando não to muito legal kkkkkk (você vai entender já, já!). Não sei definir o estilo dela… é bem próprio dela. A maioria das letras são feitas mesmo para dar uma animada, mas nada com a pretensão de músicas como “Restitui”, “Pela Fé” e etc, de cantores bem conhecidos por aí. É mais um olhar positivo para as coisas que têm valor na vida. Vale muito a pena ouvir. E creio que a maioria das meninas vão gostar (principalmente as mais jovens)… confira:

Deixe-me saber o que você achou!

E se você tem outras boas dicas, compartilhe aí! Um abraço!

PS: se você se interessou, compre os CDs ou somente algumas músicas. Diga não à pirataria 😉

Anúncios

12 opiniões sobre “Quer ouvir boa música? Então confira estas dicas!”

  1. Oi Diogo! Concordo com cada uma das tuas escolhas. Conheço a todos e também gosto muito! Katsbarnea é do fundo do baú mesmo, da época da minha adolescencia. A Lorena Chaves é muito, muito legal, inclusive essa semana fiz a resenha dela no meu blog. Te deixo outros que também acho legais: Crombie (algumas deles como “O passarinho e a sua esperança”); Roberta Spilatelli: todas são legais e Susana de Oliveira. Grande abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s