O grito de um homesick!

The_Treta_has_been_plantedHá alguns dias, eu postei na minha timeline do facebook a seguinte frase: “O Brasil é o melhor país do mundo”. Pronto! Bastou isso para a tetra ser plantada… teve quem que concordou, teve quem discordou também. Desse último grupo, teve amigos que falaram que eu estava doido, teve quem disse “tomara!”, teve gente que eu nem sei mais quem é pra conversar fiado também… enfim, nada que eu já não esteja acostumado do mimimi de hoje em dia.

Mas eu tinha prometido explicar o por quê de tal declaração para os meus amigos, e eis aqui o artigo! 😀

Eu estava homesick!

Homesick é um adjetivo em inglês que se usa para quem está com saudades de casa e sentindo-se, por conta disso, infeliz no lugar aonde está.

Talvez você pense que eu vim parar no pior lugar do mundo, para sentir tanta falta assim do Brasil, e da minha Belo Horizonte. Mas não, estou em uma das melhores cidades dos EUA, San Diego, Califórnia:

Vou deixar para falar em um outro post o que eu vim fazer aqui, ok? 😉

Voltando… creio que todo mundo que já saiu de casa e foi morar algum tempo longe, sozinho, pela primeira vez, já passou por isso. Você pode estar no lugar mais maravilhoso do mundo, mas se ficar homesick seu julgamento ficará afetado. Tudo vai parecer pior do que realmente é.

20170428_133912
Hostel on 3rd. Você se acostuma… kkkkk

No meu caso, as duas primeiras semanas aqui foram pra me derrubar! Eu vim parar em um hostel (um espécie de pensão) com um quarto deprimente (parecia que eu estava naqueles quartinhos baratos dos filmes), banheiros horríveis, um monte de gente esquesita, um frio inesperado, cheiros estranhos, ou seja, um verdadeiro muquifo.

Tive um choque com a maneira seca do americano de ser, pelo menos nessa cidade. Diferentemente da maioria dos brasileiros, que são super receptivos, calorosos e prestativos, foram poucos os americanos assim. A maior parte deles não está nem aí pra você, não fazem questão de te ajudar ou facilitar a comunicação, são “sem-graça” nenhuma, cheio de uns papos ruins (as piadas então… socorro!), sem carisma ou simpatia at all! Acabei conversando mais com pessoas de outras nacionalidades, principalmentes latinas, por causa da maior abertura que elas me deram. Contudo, isso foi bom. Acabou com aquele “encanto” que eu tinha de norte-americano, que a mídia nos influcia a ter.

Para uma pessoa como eu, super apegado à família, à minha casa, e à comida mineira, meu Deus!!! Que Sufoco!!! E, para agravar mais ainda meu estado saudoso, parti do Brasil deixando a minha namorada, e bem na nossa fase “lua de mel”! Muito tenso! Eu só queria voltar pra casa…

comida-mineira
Comida mineira? Querooo muitooo !!!

Falando em comida… que tristeza! Apesar de amar comer lanches em fast food, a gente sofre aqui! Aonde estão o arroz soltinho (o daqui é todo empapado! E não me acuse de não saber fazer kkkk), o feijão carioca, os cortes de carne que eu conheço (quero churrasco!), a farinha de milho ou trigo torrada (farofa T_T), o quiabo, o pãozinho francês, o queijo canastra, os frios (linguiça, salame e mortadela daqui são ruins demais!), a Coca Cola brasileira (que é um veneno, mas é mais gostosa!), o pão-de-queijo (preciso!), a coxinha, a água filtrada (aqui só água de torneira, que é ruim demais!), a boa pizza (haja pizzaria pior do que a outra! Somente a pizza da 7/11 pra salvar xD)???

Quando comecei a sair para explorar a cidade, fui primeiro aos parques para ver um pouco de natureza. Também fui para Los Angeles e depois para o Big Bear Lake, nas montanhas. E depois fui às praias daqui. E aí a saudade do Brasil pegou de novo: não há belezas naturais tão exuberantes quanto as do Brasil! Eu finalmente entendi e tomei pra mim o que disse Gonçalves Dias na Canção do Exílio (1846):

EUA é bom…

Hoje o homesick já passou. Estou com saudades de casa sim, e bastante, mas não estou mais triste. Agora consigo analisar um pouco melhor tudo isso aqui.

20170429_204210
4th Ave com Broadway. Sossego para andar a qualquer hora do dia! =D

Estou maravilhado com a segurança pública. Eu moro no centro de San Diego e posso sair a qualquer hora do dia e da noite, sem preocupação nenhuma. Não se ouve falar em assaltos. Poucas vezes a gente fica sabendo de um furto, principalmente em hostels, mas não há coação violenta. O policiamento é bom e eles fazem valer as leis.

O seu dinheiro vale muito mais aqui: as taxas não são absurdas como no Brasil; Vestuário e eletrônicos estão entre os departamentos mais baratos no comércio; o transporte público é bem organizado e sincronizado (metrô e ônibus confortáveis, na hora e raramente cheios); os carros são bons e quase não se vê modelos mal cuidados ou muito antigos.

As pessoas respeitam o espaço do outro; nada de música alta em ambiente público; sossego para ficar sentado nos parques; ninguém fura fila; nas lojas, os vendedores não ficam em cima te pertubando, eles oferecem ajuda quando percebem a necessidade do cliente;

Ainda tem muita coisa pra falar, vou deixar isso para um próximo post ou vídeo.

Brasil s2

Pampulha_mineirão_BH
Saudades BH! s2

Não tem jeito! Sou apegado à minha terra! Mesmo com tantos problemas e absurdos, principalmente na política e nas ideologias progressistas que têm tomado conta do nosso país, o Brasil, pra mim, é o melhor lugar pra se estar.

Claro que os cuidados pra viver bem por lá têm que ser redobrados. Entretanto, nada como a boa música, comida, paisagens, pessoas de bem, a alegria do brasileiro, nosso jeito zoero de ser, clima, futebol, a riqueza da nossa língua, a diversidade regional, a riqueza dos recursos naturais, etc!

Por isso, lutemos por um país cada dia mais decente, por um povo mais inteligente e prudente. Pelo fim da violência, corrupção e do mimimi. Já passou da hora do Brasil atingir o patamar que ele merece e pode proporcionar: o do melhor país do mundo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s